Faça valer seus direitos com os melhores advogados!
"O direito não socorre aos que dormem!"

NOTICIAS

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,88 3,88
EURO 4,35 4,35

ÓRGÃO ESPECIAL APROVA REESTRUTURAÇÃO ADMINISTRATIVA DO TJRJ

Em sessão realizada nessa segunda-feira, dia 20, o Órgão Especial aprovou a nova estrutura organizacional do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro (PJERJ). A iniciativa tem por objetivo adequar os gastos à nova realidade econômica do Estado, que enfrenta grave crise financeira. Entre outras medidas, a resolução extingue três diretorias: Diretoria-Geral de Controle Interno, que passa a ser um núcleo de auditoria vinculado à Presidência do Tribunal de Justiça; Diretoria-Geral de Engenharia, que terá suas atribuições incorporadas à DGLOG; e Diretoria-Geral de Gestão Estratégica e Planejamento, que se tornará um departamento. As bibliotecas da Emerj e do Tribunal foram unificadas, reduzindo os custos de manutenção e estrutura administrativa. Ao todo se obteve uma redução de 90 cargos em comissão/função gratificada. Também consta na resolução a redução do valor da gratificação paga ao diretor de pisão, de DAS-7 para DAS-6, o que acarretará economia de R$ 63.0000,00 mensais. A expectativa é que esta reestruturação gere economia de R$ 601.820,97, por mês, totalizando uma economia anual de R$ 7.221.851,64. O modelo proposto utiliza como parâmetro as estruturas administrativas dos Tribunais Superiores, a normatização do CNJ e a estrutura dos tribunais estaduais que também passaram por reformulação recente. “Uma concepção administrativa com uma estrutura reduzida e ágil se mostra necessária para enfrentar os desafios dos próximos anos. O Judiciário moderno precisa pidir sua atenção com a atividade judicante e a atividade gerencial. É preciso se concentrar na gestão de pessoas, nas habilidades gerenciais e motivacionais, pensar nas metas de produtividade, na qualidade do produto e serviço fornecido à sociedade. A redução de custos foi a matriz gerencial do estudo realizado, mas, sem deixar de garantir melhor apoio às atividades vinculadas à entrega da prestação jurisdicional”, afirmou o juiz auxiliar da Presidência Fábio Porto, em seu parecer. A resolução será publicada ainda essa semana no Diário da Justiça Eletrônico. Fonte: TJRJ
Visitas no site:  194682
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia